Governo aprova Regulamentação da Profissão de Motorista

Depois de muitos debates e negociações, foi sancionada, pela presidente Dilma Rousseff, a Regulamentação da Profissão de Motorista, na manhã desta quarta-feira (02). A Lei 12.619 regulamenta a profissão de motorista profissional com vínculo empregatício, cria jornada de trabalho especial para o motorista empregado e regula o tempo de direção e descanso de todos os motoristas, incluídos os transportadores autônomos.

Para o presidente da NTC&Logística, Flávio Benatti, a regulamentação vai ajudar a disciplinar as relações entre capital e trabalho, que pode valorizar a profissão de caminhoneiro. “É preciso conscientização da sociedade do valor do motorista”, enfatiza Benatti.

Segundo o a nova Lei, o texto proíbe os motoristas profissionais de dirigirem por mais de quatro horas ininterruptas. Em situações excepcionais, contudo, fica permitida a prorrogação por até uma hora do tempo de direção, de modo a permitir ao condutor do veículo chegar a um lugar que ofereça segurança e atendimento. Além de repouso diário de 11 horas a cada 24 horas e descanso semanal de 30 horas para o motorista empregado e de 36 horas para o caminhoneiro autônomo. O texto também garante o direito a seguro obrigatório pago pelo empregador, especificando que o valor mínimo será de 10 vezes o piso da categoria.

Um ponto importante da nova lei sancionada é a criação de um novo Instituto na Legislação Trabalhista, que é o tempo de espera, assim considerado aquele em que o motorista fica com o veículo parado, aguardando para carga e descarga no embarcador ou no destinatário, ou ainda para a fiscalização nas barreiras fiscais entre os Estados da Federação ou nas aduanas de fronteira, não se computando o tempo de espera como hora extraordinária.

“Estamos muito satisfeitos com o resultado deste trabalho, ele é fruto de uma ampla negociação da NTC, CNT, CNTTT e outros orgãos, inserindo na legislação trabalhista, especificamente para o motorista, o moderno instituto do tempo de espera que trará ao transportador maior segurança jurídica.”, afirmou Flávio Benatti.

Com relação ao projeto original, a presidente vetou vários dispositivos, que na sua maioria não chegam a desfigurar as novas regras de jornada de trabalho dos motoristas empregados incluídas na CLT e o tempo de direção e descansos obrigatórios incluídos no Código de Trânsito e aplicável aos motoristas autônomos.

Lamentavelmente  os vetos atingiram os dispositivos aprovados no Congresso Nacional  que obrigavam a construção de pontos de paradas e de descanso para os motoristas nas rodovias concedidas pelo Poder Público e permitiam a utilização de pareceria público privadas para sua construção nas demais rodovias.

“Infelizmente, como se constata das partes vetadas, o governo federal deixou de assumir suas responsabilidades na construção dos pontos de paradas nas nossas rodovias. Deveremos continuar nossa luta, conscientizar nossos governantes a assumirem suas obrigações em busca da solução desse grave problema social, dando ao motorista condições  de segurança nas rodovias nacionais” afirmou Flávio Benatti.

Fonte: http://www.portalntc.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=46489&catid=65


Deixe uma resposta


Comentários para “Governo aprova Regulamentação da Profissão de Motorista”

  1. joão fabricio disse:

    Parece brincadeira que o governo faz,está ficando cada vez mais difícil de trabalhar,na hora deles ajudarem eles vetam.Tem que fiscalizar mais em relação a drogas,como rebite,bebidas alcoólica e cocaína nas estradas.

  2. manoel disse:

    sou motorista de carreta ha 8anos gracas a deus gue alquem viu que eramos escravisados com essa regulamentacao vai melhorar e muito espero que nao seja so mas uma e sim que haja fiscalizacao e punicoes

  3. Tonatto disse:

    Gostaria de saber sobre o adicional de penosidade, ele foi vetado pela Presidente Dilma?

  4. catia disse:

    ea nova lei para condutores vai ajudar mas os orgaos de fiscais tem que trabalhar principalmente em cima das grandes enpresas de onibus que nao respeitam as leis fazem escalas a vontade

  5. decoreba disse:

    Na hora de suas obrigacoes o governo pula fora.vai ter caminhao parando em local inseguro para pernoite e sendo assaltado,pois os postos de servico nao vao comportsr tantos caminhoes.a aposentadoria aos 25 anos de servico tambem ficou fora.e o governo do PT…

  6. adelio disse:

    parabens pelo reconheçimento da profiçao de motorista mas tem que aprovar a lei da aposentadoria especial de 25 anos pois um motorista com 25 anos de carreira ja nao tem mais colona nem visao que presta e tambem todos que aposentarem tem que parar de trabalhar pois toma vaga de mais um e acabar com os sindicatos que e a parte que mais nos prejudica espero que sejamos benifeciado obrigado a todos

  7. TARCÍSIO disse:

    Novamente uma PIADA.
    O Governo cria as regras, obriga a obedecê-la e não oferece condições, só aumenta a arrecadação, sugando de quem trabalha e tem prestações do caminhão, com esse horário, vai ter motorista morrendo de fome na estrada.sou autônomo e Já fui multado por não ter CARTÃO PEDDÁGIO.
    o guarda alegou que era LEI e que com dinheiro era perigoso andar, NÃO POSSO MAIS ESCOLHER DE QUE FORMA PAGAR O PEDÁGIO QUE NO PONTO DE VISTA É ILEGAL, na Constituição reza que todo brasileiro, livre e de maior, em tempo de paz, tem o DIREITO DE IR E VIR SEM HONERAR CUSTOS POR TODO TERRITÓRIO NACIONAL,

  8. amanda stabile disse:

    Essa lei seria boa se fizessem valer outras mais,que já foram sancionadas mais que na realidade nunca existiram,os motoristas ñ precisariam fazer essas loucuras que falam se ñ ficassem tanto tempo parados para descarregar e carregar uma carga,ficamos parados servindo de armazem para as empresas a troco de nada,e depois temos q tirar o prejuiso pq só ganhamos quando carregamos ñ temos salario fixo…e dai cade a lei da estadia após 5 horas parados,,,pra mim será como nosso amigo disse é só para tirar o nosso dinheiro nada mais…abraço

  9. marcelo amapa disse:

    ajudem os motoristas do transporte coletivo que tambem sofrem com jornadas extresantes e precisam de um piso salarial; que muitas estao sendo obrigados a assumirem com as reposiçoes de peça .

  10. everaldo gomes da silva disse:

    vamos continua como escravos so temos obrigaçoes e deveres a cumpri e nada do governo participar a não ser pra arecada.

  11. Sylvano Reis Dalco disse:

    Sou motorista de coletivo e me sinto um homem condenado a ser explorado por esses empresários que não pagam as nossas horas extras e nos obrigam a trabalhar ate obter a quantidade de fichas (são os passageiros), alem de ter a obrigação de madrugar na garagem, tendo a responsabilidade de assumir o onibus, para jornada de trabalho, de que o horário que pegamos ate o horário da saída do ponto de inicio eles nem anotam o horário de chegada e sim só o horário de saída para jornada de trabalho, e sim ate a hora da saída para retorno da garagem e fora os descontos que eles fazem e que somos obrigados a pagar. Por onde anda estes presidentes de sindicato que sabem disso e não fazem nada ? cade a lei para ser cumprida.

  12. Francisco Rodrigues de Souza disse:

    Sou Motorista de carteirinha,amo o que faço, não faço o que eles querem, mas aprovo algo em favor de muitos, gostaria de ver uma única Bandeira do País envolvida no pleito da Nação Brasileira. Sei que não entendo de leis, mas entendo bem de direitos e respeito, pois sou de família humilde e pobre,acredito que a nossa Presidente poça olhar mais um pouco pêlo bola roda; Assim chamado de motora.

  13. edimar coimbbra disse:

    tomara que não seja mais uma lei que não vai “pegar”

  14. walter da silva santana disse:

    sou motorista de onibus urbano, o que mudou?

  15. agenor s jr disse:

    o governo esta olhando o lado dele. poque ele esta prelcupado com a declaracao do inposto de renda + assim pode olhar para a categoria e melhorar.sou motorista estou muito satisfeito com a nova lei. parabens ja é um grande passo mitos viram por ai…

  16. wellington gomes disse:

    É o começo para nós de algo que já existe a muito tempo na Europa, onde a jornada de trabalho diária é de 10 horas sendo uma hora de descanso há cada 4 horas trabalhada e onde se tem rodovias e pontos de apoio bem melhores que as nossas. Falta muito, mas um dia chegaremos lá… Persistiremos em nossa luta com união,trabalho e dedicação.

  17. E muito gratificante quando vimos que existem orgãos e pessoas preocupada com o bem estar de nossa categoria.So que prescisa tambem concientizar a categoria da importãncia de se fazer valer as leis que rege este paíz. porque se não valerá de nada o esforço de muitos para o nosso bem estar.

  18. maxsuel disse:

    ai fala sério né a jornada de trabalho ficou boa mas cade o salário, sera que ninguem se preocupa com quato agente ganha não, essa mixaria não da pra nada, mal dar para pagar as contas!!!

  19. CARLOS ALBERTO DE PAULA disse:

    PARABENS PELO RECONHECIMENTO DA PROFICAO DE MOTORISTA

  20. Lethiéry Michel disse:

    ta impondo horas trabalhadas e o salario do motorista como vai ficar,porque oque vai acontecer sera menos tempo trabalhado por dia, mas o tempo fora de casa na estrada, vai aumentar, e dai como vai ficar isso? Alguém pode me responder?!

  21. JUMO PEREIRA disse:

    MAIS LEIS CRIADAS PARA NÃO SEREM CUMPRIDAS. É ISSO MESMO! HÁ TANTAS LEIS NO NOSSO PAÍS E A MAIOR PARTE DELAS NÃO SÃO CUMPRIDAS, TAIS COMO… LEI SECA,PLACA DE PARADA OBRIGATÓRIA, 15 MIN MÁXIMO EM FILAS DE BANCOS, ETC.
    SENDO ASSIM, A QUESTÃO NEM TANTO É CRIAR NOVAS LEIS, MAS SIM FISCALIZAR PARA SER CUMPRIDO AS JÁ EXISTENTES E AS NOVAS LEIS COMO ESTA MESMA. MAS POR FAVOR COLOQUE FISCAIS HONESTOS E JUSTOS E COLOQUE FISCAIS PARA FISCALIZAREM OS MESMOS TAMBÉM.
    ATÉ QUE ENFIM VIRAM QUE A PROFISSÃO DOS MOTORISTAS PROFISSIONAIS ERA ESCRAVIZADA.

  22. luis fabiano caetano disse:

    adorei essa lei muito obrigado

  23. Ricardo Goias disse:

    o governo ate tem boas intençoes,para profissão de motrista mas precisava de regulamentar tb para as empresas darem oportunidades para novos motoristas sem experiencias,e almentar o teto para no minimo 8 salarios pq todas exige um ano ou mais. ou facilitar a compra de caminhoes afim de engressar nessa profissao com reduçao dos valores como fez com o progama minha casa minha vida.ai quem nao tem experiencia para entrar na empresa,compra um caminha e agrega nela ou fica como autonomo.mas precisa ter vocação e gostar da estrada pq o tanto de motorora que so fala mal da nossa profissão mao e brincadeira.então sai fora e vai para roça ou estudar.ai vc que realmente gosta do que faz vamos lutar para que tenhamos um bom salario afim de boas espectativas.

  24. elisvaldo fernandes disse:

    teria de ser feita as reuniõis com os motorista para descutir salarios, porque quem sabe o que o motorista passa não e os patrões não é sim os motorista (despezas de estradas astão muito cara, o motorista nem ve os filho creser dedicando o trabalho é não te o valor que merece).

  25. Clovis Edilson Amorim Mascarenhas disse:

    Sobre o tempo de espera nos clientes e pontos de fiscalização. Não concordo sou motorista carreteiro e as vezes chego a ficar cinco dias a espera de descarga num cliente e só a empresa ganha eu ficarei de graça no local fora de casa???? E como fica o salário????

  26. Clovis Edilson Amorim Mascarenhas disse:

    Se o tempo de espera não será computado como hora extraordinária o tempo de viagem e fora de casa as empresas da baixada santista estão dizendo que vão cortar as 60 horas como vamos sobreviver???????

  27. ISMAEL disse:

    EU QUERO VER AONDE ELES VÃO COLOCAR TANTO CAMINHÃO PARADO AO MESMO TEMPO, OS PEDÁGIOS VÃO TER QUE ARRUMAR PÁTIOS E MAIS PÁTIOS PARA ESTACIONAR TANTO CAMINHÃO ASSIM…..É BRINCADEIRA……

  28. Jefferson da Silva Pimentel disse:

    SOU MOTORISTA CARRETEIRO,JA FUI DE ONIBUS ,E VEJO A MESMA NOVELA SE REPETINDO COBRANÇAS MAS REMUNERASÃO QUE E BOM NADA, ONDE JA SE VIU UM CARRETEIRO TRANSPORTAR PELAS RODOVIAS DO BRASIL MA CONSERVADAS E SEM SEGURANÇA UMA CARGA DE NO MINIMO R$60.000;00 E UM PATRIMONIO DE R$700.000;00 ENTRE CARRETA E CAVALO PARA NO FINAL DE TRINTA DIAS RECEBER MISEIS R$2.000,00 FACIL NE CONCORDO COM 90% SE FOR NA PRATICA,MAS LAMENTO QUE NÃO SERA, POIS MUITOS POLITICOS ESTÃO NAS MÃOS DOS EMPRESARIOS POIS A MAIORIA TEM PARENTES OU SÃO PROPRIETARIOS DE TRANSPORTADORAS,NO INICIO PARA MOSTRAR SERVIÇO VÃO ARROCHAR NAS FICALISAÇÕES E DEPOIS VEM A PROPINA E TUDO CAIRA NO ESQUECIMENTO,NÃO VAMOS LONGE A LEI SECA QUANDO COMEÇOU ERA 100% RIGOROSA HOJE SO VALE PRA QUEN NÃO TEM DINHEIRO,POIS EU SOU DELEGADO,SOU ADVOGADO E ETC..EXP.O ES CORDENADOR DA LEI SECA NO RIO ERA RIGIDO E CRUEL, MAS BEBADO MATOU EM NITEROI E NÃO SE FALOU MAIS,DESCULPE DONA DILMA,O SUA IDEIA E OTIMA MAS A REALIDADE E OUTRA ENQUANTO NÃO ESISTIR PUNISÃO PARA EMPRESARIOS,POLITICOS,GOVERNANTES E POLICIAIS CORRUPITOS,MAS AINDA ASSIM ACREDITANDO NA SUA AUTORIDADE DE PRESIDENTA MEU VOTO E SEU.

  29. Fabiano disse:

    Essa nova lei e muito valida,mas com certeza,os fretes irão aumentar…será que o governo tambem irá fiscalizar o pagamento justo dos fretes das empresas para os autonomos,será que os governantes irão diminuir a carga de impostos em cima do diesel,pneu,e na aquisição de melhores caminhõespara os autonomos.Fora o cosumidor final que irá pagar muito mais caro por tudo que entra e nossas casas,pois Brasil e um grande dependente do caminhão,pois pra maioria desses governantes e facil criar essas leis e não pensar nos demais.

  30. Regina disse:

    Acho o descanso nas 4 horas muito bom.
    Descanso diário de 11 horas é muita coisa 8 horas seria o ideal. Mais 30 horas nos finais de semana é ruim pra quem paga tanta coisa pedágio caro aqui um monte de despesa frete ruim e as pequenas empresas vão acabar. Muitas vezes se fica com caminhão parado por falta de frete oficina. Regina RS.

    • SERGIO disse:

      “Eu” preferia que fosse proibido o trânsito de caminhão entre 22hs e 5hs, mas quem sou eu para palpitar, com tantos tipos de cargas pereciveis…

  31. Regina disse:

    Descansar a cada 4 horas ótimo um horario para dormir. O mais importante o governo tirou dos motoristas aposentadoria aos 25 anos de trabalho. Onde parar tanto caminhão coloca fiscais para depois pensar.estacionamento segurança.

  32. elias lucas de arruda disse:

    a lei e otma porem fautor descuti meilorias salarias da categoria.ajente tradilha dia e moite prasportando oprogreço brasileiro.arriscando nossas vida para ganhia una merreca.encuanto nossos politicos dando gargailhadas e desviando o dinheiro publico

    • SERGIO disse:

      Esse problema salarial tem que ser resolvido pelos motoristas, pressionando os sindicatos… mas isso é história da carochinha, todos nós sabemos que a categoria não tem união, e os sindicatos não estão preocupados com um bando de motoristas ACOMODADOS, que querem as coisas prontas sem luta.

  33. SERGIO disse:

    E os muriçoqueiros??? Lembraram de nós! Pessoal falando sério, até que enfim pensaram em obrigar as empresas a dar um local digno para descanso para motorista de caminhão cabine convencional, todos nós sabemos que dormir em um sofá cama dobravél é uma tristeza, será que o patrão ou o chefe tem em casa um colchão que so vai até as nadegas?? Veja bem, o sofá cama deixa as pernas fora do “sofá cama”, elas ficam ali brigando com o volante, a porta, a coxa fica amaciando a alavanca de câmbio, o acionador do freio estacionario, o acoplador do cinto de segurança… é uma delicia dormir em um sofá cama. Mas tem empresa que antes da lei já utilizava CABINE LEITO nas muriçocas iveco, isso é um exemplo a ser seguido.Agora nós temos que cobrar das empresas onde vamos efetuar carga e desacarga, que elas cumpram a lei e forneçam sanitários adequados, e local para alimentação comforme reza a lei 12.619/2012, é direito nosso, chega de comer marmitex que tem em seu conteudo 1 kilo de arroz, 1 litro de óleo. Nossa alimentação é péssima, motivada pelo preço, e principalmente falta de locais adequados para alimentar. Por isso estamos obesos, colesterol alto, etc. Eu apoio a nova lei, a empresa que trabalho já nos orientou a cumprir os horarios, se o salario cair… TCHAU pra ela, mas acho que a atual falta de motoristas elas não vão querer correr esse risco.

  34. HELIO SANTOS disse:

    E O SALARIO?

  35. Manoel Luis de Oliveira disse:

    vale para motorista de onibus INTERESTADUAL ESTADUAL E MUNICIPAL OBRIGADO

  36. Marcos Dendena disse:

    Ridículo está lei, sou motorista autônomo, com o valor do frete quem vai arcar com as horas paradas…..nosso país é enorme…. a parada obrigatória devia ser de seia a oito horas…bem se vê que quem cria as leis não sabe da realidade, devia passar um ano trabalhando nas estradas e ver como é a situação para depois colocar isso no papel…mas nosso país é assim…incompetentes é o que não falta. Estou torcendo que tenha alguma pessoa que saiba ada realidade da nossa categoria e consiga reverter este erro que acabaram de fazer….
    Isso é um desabafo de quem tira seu sustento de um caminhão.

  37. gilmar mota disse:

    eu gostei bastante porq nois motoristas ñ temos valor e nei respeito apezar de trasnporta o brasil ainda somos mal pago com um salario de mizeria fazendo de tudo pra chegar com á carga no horario e no prazo e com segurança é o que é mais importante nestas estradas mau conservadas .

  38. queria saber se o salario do motorista pode continuar comissionario

    • SERGIO disse:

      Não pode, acabou isso. Veja Artigo 235-G LEI 12.619/2012. Vamos lá pessoal informação é importante. temos que deixar para traz essa maldita desinformação, motorista tem que saber dos seus direitos, eu estou bem informado.

  39. joao batista da silva disse:

    agora vamos lutar para um salario fixo e digno,voltaremos a sonhar com a casa propria e um carro na garagem.

  40. karina dias disse:

    como denunciar a empresa que o motorista não tem folga nem sabádo e domingo,ele viaja direto dia e noite quando chega vai carregar no mesmo dia para viajar no dia seguinte, sou esposa de um carreteiro e estou vendo meu marido se acabar no volante sem poder se cuidar ,os problemas que a propria profissão
    lhe causou,espero que eu possa ter alguma solução aguardo retorno .obrigado

    • SERGIO disse:

      Se alguém souber me informa também! Tenho que denunciar algumas coisas, tipo: empresa que o motorista vai carregar e não tem local para alimentação nem sanitários. O motorista precisa de um nº 0800 para fazer denuncias diretamente ao ministério do trabalho, quando fizeram a lei esqueceram que somos o lado fraco da história…

  41. gilmar garcia de freitas disse:

    infelismente o governo so esta pensando em cobrar inposto de renda de todos os motoristas e deixalos nas mãos de autoridades corupitos; que não são todos mais eziste bastante que vam enxer o bolsso cada vez mais recebendo propina porque não temos estrutura para abrigar todos os veiculos parados nos postos de conbustiveis no mesmo tempo aleas tem postos em rodovias tipo a presidente dutra que si vc não for abasteçer o caminhão vc não pode estacionar o veiculo neim pra fazer um lanche imagine pra ficar 9 horas de repouso pareçe piada mais e verdade vamos fazer as coisas certas fazendo primeiro os locais de paradas depois podemos cobrar as mesmas chega de sacrificar aqueles que so tras alimentos conbustiveis remedios eo conforto pros lares de toda a nação?????

  42. marcos antonio de lima disse:

    agora vamos atras da aposentadoria especial.nossa luta continua..

  43. se o salario nao aumentar posso trabalhar de pedreiro pois ganharei bem mais e nao terei gt enfrentar os fiscais de transito os patroes e as empresas com seus horarios e normas esdruxulas tais como nao poder levar a familia e nao fornecer qualidade de vida os motoristas tais como; banheiro alimentaçao sala de estar e o principal salario digno. cada hora na fila sem carregar e descarregar e tempo perdido que poderiamos passar com a nossa familia e ainda de remuneração e pra acabar mesmo.

    • joao disse:

      boa ideia vai trabanlhar de pedreiro mesmo muito menhor

      • Sergio disse:

        NTC divulga carta repudiando manifestação de caminhoneiros na Dutra
        01 de agosto de 2012 – quarta-feira | 14:19 (fonte : brasil caminhoneiro)

        Ilmo. Sr. JORGE LUIZ MACEDO BASTOS
        Diretor da ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres

        Senhor Diretor,
        Preocupa-nos noticiário divulgado pela imprensa dando conta de que a ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres estaria estudando a flexibilização na legislação em vigor sobre o RNTRC, pagamento eletrônico de frete e a nova legislação que trata do tempo de direção dos motoristas caminhoneiros autônomos, em razão do movimento de paralisação deflagrado no último dia 25, pelo Movimento União Brasil Caminhoneiro – MUBC.

        Primeiro, é necessário dizer que a legislação em questão, seja sobre a adoção do RNTRC, seja sobre o pagamento eletrônico do frete e, principalmente, sobre o tempo de direção do motorista, foram aprovadas no Congresso Nacional e sancionadas pelo Executivo, atendendo reivindicações das entidades Sindicais do setor de transportes rodoviários de cargas, tanto as de representação patronal das empresas, como as de representação dos trabalhadores empregados e dos trabalhadores transportadores autônomos.

        As manifestações contrárias à legislação, até agora colhidas, tem sido de uma minoria oportunista interessada na manutenção do “status quo” da informalidade, da sonegação, da carta frete e da exploração do motorista, em especial do autônomo, obrigando-o a prática de jornadas de trabalho excessivas (muitas vezes mediante o uso de drogas e estimulantes) para o seu sustento, ainda que com riscos para sua saúde e para a segurança do trânsito.

        É importante destacar que a maioria dos dirigentes de entidades de representação dos trabalhadores empregados e motoristas autônomos, posicionaram-se contrárias ao movimento anunciado para o dia 25 de julho, dia do motorista, conforme se depreende das manifestações então divulgadas e cujas cópias estão em anexo.

        Apenas a posição isolada de um movimento que não tem representação sindical (trata-se de uma associação), sem representatividade nacional, dirigida por um empresário travestido de caminhoneiro, manteve a ordem de paralisação, logrando desenvolver pequenos focos do movimento em Minas Gerais, Santa Catarina e Rio de Janeiro, logo debelados e encerrados.

        Aproveitaram-se de uma insatisfação de caminhoneiros decorrente de um equívoco da ANTT que, por comodismo e distorção de vontade da lei relativa ao pagamento do frete por meio eletrônico, editada para proteger o caminhoneiro contra a exploração da carta frete, vem multando o caminhoneiro quando transportando sem a emissão do CIOT, infração que de quem o contrata e o punido é aquele que deveria ser protegido, exatamente o elo fraco da corrente. Basta corrigir essa distorção no regulamento e na forma cômoda de atuação da ANTT e desaparecerá a insatisfação, caldo de cultura para a ação dos espertos e aventureiros.

        Espera-se que ANTT não se deixe impressionar ou ser pressionada por uma minoria ainda que barulhenta, porém claramente inconsequente e irresponsável, cujo movimento de paralisação impede a circulação de veículos de propriedade das empresas do setor que mesmo sendo contrárias ao movimento sofrem os prejuízos decorrentes da ação ilegal e violenta daqueles que na verdade estão praticando “lockout” (não são empregados, logo não fazem greve) desrespeitam os direitos e a liberdade de terceiros e estão a merecer a correta reação dos poderes constituídos através da Justiça e órgãos de segurança e não o beneplácito ou benevolência desta Agência.

        Não temos dúvidas de que ANTT seguirá atuando na defesa da regulamentação e modernização do transporte rodoviário de cargas no Brasil, prestigiando e aplicando as leis que às duras penas foram conquistadas pelas entidades do setor e por toda a sociedade brasileira, a maior interessada no desenvolvimento desta atividade mediante regras de segurança e saúde inafastáveis por serem do interesse de todos.

        Espera-se, por fim, da Diretoria da ANTT firmeza no cumprimento da lei, podendo os senhores diretores contar com o apoio da nossa entidade e das demais que são as verdadeiras representantes sindicais do setor, dos empresários e trabalhadores empregados e autônomos, conscientes e responsáveis.

        Aproveitamos o ensejo para renovar nossos protestos de elevada estima e consideração.

        Atenciosamente,
        FLÁVIO BENATTI
        Presidente da NTC&Logística

        • aguimar disse:

          gostaria de deixar aqui o meu repudio ao pagamento de frete por cartão eletrônico pois esse pagamento só gera despesas meu filho carregou por um transportadora e fizeram um cartão bancard banco bradesco frete de 380,00 reais o banco ficou com 60,00 reais isso eh um roubo gostaria de saber quanto que os orgãos do governo está ganhando em cima disso pois num país que se diz demogratico cade o direito e ir e vir o direito de receber seu pro labore do jeito que nos for mais viavel isso e uma vergonha; estou cheia de tanto demagogia parata só tem uma solução nas eleições o povo votar certo e tirar do poder esses coroneis estão ai no poder des do tempo do Brasil Colonial. os pedagios paga-se um absurdo e eles nem se preocupa em nos oferecer vias auternativas gostaria que a ANTT e demais orgãos competentes que ficam ai só inventando moda que eles poderiam ir fazer um trabalho de campo indo um dos chefes trabalhar por uns 15 dias com caminhoneiro para ai sim fazer leis agente só pode fazer leis o algo quando eh conhecedor da causa para voces eh muito facil ficar ai no ar condicionado recebendo seu salario altissimo e todia estah com a familia vai viver a realidade dos herois que transporta o desenvolvimento desse pais sabe como eu vejo isso simplesmente preconceito…..

  44. Willyans Roberto Machado disse:

    Meu nome é Willyans Machado,gostria de saber sob sálario é verdade que o Governo estipulou 6 salarios minimos para a categoria 45.00 por dia de diaria ou é conversa fiada.Eu trabalho com veiculo articulado 9 eixo, meu piso é de 1130.00 mas ganho bruto 4200.00.Como vai ficar o salario, tenho 20 anos de profissão não gostaria de largar tudo poque gosto do que faço. Obrigodo pela atenção.

  45. DIVINO disse:

    DEVERIA É VER A POCENTADORIA PARA 25 ANOS E TIRAR ALGUNS APOCENTADO DE TRAS DO VOLANTE…MAS ISSO CUSTA CARO ENTÃO FAZER LEI CEM TER CONDISÃO..QUERIA EU SER DO SINDICATO E FAZER ESSE PAIS PARAR ATÉ A DILMA ENTREGAR O GARGO

    • Sergio disse:

      Não sei porque de repente me deu uma vontade de dar uma boa gargalhada.
      É mas você vai continuar querendo por muito tempo, pois como você a maioria do povo brasileiro não passa de “RECLAMÔES”, falam pelos cotovelos, esbravejam e na hora do vamos ver, cada cuida do seu proprio umbigo.
      Aposto que no país afora deve ter muitos brasileiros dando um jeitinho de ganhar um saco de cimento, um caminhão de areia um tanque de gasolina nessas eleições.
      Como eu disse falam pelos cotovelos e pensam somente em si mesmos.
      Bando de reclamões.

  46. oliveira disse:

    Entrei na Profissão motorista carreteiro ha cinco anos,opero um rodo-trem,õ arrependimento,salario defasado uma miséria,so fica na estrada,não ha folga que compensa,abre mão feriados,finais de semana etc. Dilma vê se aprova logo um piso salarial justo,isto é uma vergonha,estou decidido abandonar esta profissão ingrata o mais breve possivel.

  47. marcos alves disse:

    qual será o salario de carreteiro com a regulamentação e quem vai fiscalizar

  48. anderson disse:

    como nos motoristas vamos parar na hora certas sendo que nao tremos ponto de apoio ao longo da rodovia

  49. Murilo Batista Dos Reis disse:

    como fica acituaçao do motorista de onibus?

    • carlos alves ferreira disse:

      carlos de artur nogueira parabens mas gostaria de saber como ficou o salario quanto vamos ganhar motorista de onibus qual vai ser o salario

%d bloggers like this: